O que é Bitcoin?

 

Bitcoin é uma moeda digital criada em 2009 por Satoshi Nakamoto. O nome também se refere ao programa código aberto que ele projetou para o uso da moeda e a respetiva rede peer-to-peer que é formada. Diferente da maioria das moedas, a bitcoin não depende da confiança em nenhum emissor centralizado, como um servidor de um grande banco por exemplo. A bitcoin usa um banco de dados distribuídos espalhados pelos nós da rede peer-to-peerpara registrar as transações, e usa criptografia para prover funções básicas de segurança, como certificar que bitcoins só podem ser gastas pelo dono, e evitar gastos duplos.

O projeto de Bitcoin permite propriedade e transferências anônimas de valores. Bitcoins podem ser salvas em computadores na forma de um arquivo carteira, ou em serviços de carteira provido por terceiros; e em ambos os casos bitcoins podem ser enviadas pela Internet para qualquer pessoa que tenha umendereço de Bitcoin. A topologia P2P da rede Bitcoin, e a ausência de uma entidade administradora central torna inviável que qualquer autoridade, governamental ou não, manipule o valor de bitcoins ou induza inflação “imprimindo” mais notas.

Gerando Bitcoins

A rede Bitcoin cria e distribui um lote de bitcoins novas aproximadamente 6 vezes por hora aleatoriamente entre usuários que estão rodando o programa no modo de geração de moedas. Qualquer usuário tem chance de ganhar um lote enquanto roda o programa oficial, ou programas de terceiros, no modo de geração de moedas. O ato de gerar bitcoins é comumente chamado de “minerar” (como em “minerar ouro” ). A probabilidade de um certo usuário ganhar um lote depende do poder de processamento que ele contribui para a rede em relação ao poder de processamento de todos os outros combinados . A quantia de bitcoins geradas por lote nunca passa de 50, e esse valor está programado para encolher com o passar do tempo de modo que o total de bitcoins criadas nunca passará de 21 milhões. Com a redução desse prêmio, se espera que a motivação para se rodar nó gerador mudará pro recebimento de taxas de transação.

Todos os nós geradores da rede competem para ser o primeiro a achar uma solução para um problema criptográfico envolvendo seu bloco candidato, um problema que requer repetidas tentativas e erros para ser resolvido. Quando um nó encontra tal solução, ele anuncia pro resto dos nós na rede e reivindica um novo lote de bitcoins. Pares ao receber um bloco recém resolvido o validam antes de aceitá-lo e o incluir na corrente. Os nós usam suas CPUs com o cliente padrão, clientes de terceiros são capazes também de utilizar GPUs. Usuários também podem se juntar em grupos (conhecidos como “pools” em inglês) e minerar coletivamente.

Veja a comparação nestes links:
Comparação de Placas de Vídeos para Mineração
Comparação de Processadores para Mineração

Para que a rede gere um bloco novo a cada 10 minutos em média, cada nó separadamente reajusta o nível de dificuldade do criptodesafio a cada duas semanas em resposta a mudanças no poder de processamento coletivo da rede.[carece de fontes].

Atualmente, a mineração de bitcoins é uma área altamente competitiva, com hardware específico vendido no mercado. Com a crescente dificuldade dos desafios criptográficos, tornou-se economicamente inviável utilizar CPUs para a mineração (pois a energia elétrica consumida custa mais que a recompensa em bitcoins gerada), e futuramente também as GPUs tornar-se-ão obsoletas para esse propósito. Por este motivo, vários usuários passaram a utilizar também circuitos integrados de aplicação específica (ASIC) para a mineração de bitcoins. Algumas empresas comercializam sistemas ASIC prontos para a mineração, com preços entre 250 e 2500 dólares.

 

Leia também  10 boas razões para comprar Bitcoins agora!

2 comentários em “O que é Bitcoin?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


×